banner-azul-750×150

Monitoria

A Equipe Microeconomia Aplicada surgiu como um time liderado pelo Prof. João Martines Filho e seus monitores em cursos relacionados à área de teoria microeconômica. A busca por soluções inovativas e concretas no ensino de disciplinas de graduação sempre esteve no DNA do EMA tal como seu comprometimento em solucionar problemas que aparentam pertencer ao nível macro – por serem repetidamente observados em toda parte – buscando compreendê-los e adereçá-los no nível ao qual tais problemas realmente pertencem: o nível micro. Pequenas alterações estruturais, o desenho de mecanismos compatíveis com incentivos e a profunda reflexão do propósito aos quais os cursos sob o ensino do EMA deveriam servir, para os alunos e para a sociedade, ajudaram irrigar mudanças permanentes e iniciativas revolucionárias por parte do trabalho de todas as partes envolvidas, em um espaço de tempo tão curto.

Os integrantes da Equipe Microeconomia Aplicada acreditam que o domínio dos fundamentos teóricos que a teoria microeconômica sustenta devem ser trazidos à luz e ao escrutínio da realidade, para que funcionem aproximando-se do resultado esperado do uso desses recursos da melhor forma possível. Isso inclui o profundo respeito pela ética e responsabilidade do agente que transmite ou facilita o acesso à informação e a exigência de comprometimento e empenho dos demais envolvidos no processo educativo não por meio de imposições ou regras arbitrárias, mas, sim, como co-produto natural de um ambiente onde incentivos e bem-estar são endogenamente criados de modo sustentável.

Entre 2013 e 2016, o EMA esteve à frente das disciplinas obrigatórias de Graduação, oferecidas anualmente:

  • LES101 – Introdução à Economia (Ciências Econômicas e Administração)
  • LES101 – Introdução à Economia (Gestão Ambiental)
  • LES456 – Teoria Microeconômica I (Ciências Econômicas e Administração)
  • LES458 – Teoria Microeconômica II (Ciências Econômicas)
  • LES667 – Gestão dos Negócios Agroindustriais (Engenharia Agronômica)

O EMA compreendeu que consultoria, extensão, pesquisa ou assessoria de qualquer natureza são essencialmente a mesma reprodução que acontece em tantas salas de aula ao redor do mundo. Desde que seja repensado como essa reprodução acontece, como desenhar essa sala de aula e como tornar a metodologia de aplicação uma linguagem para entendimento e não um diferente idioma para acrescentar ainda mais dificuldades, a transposição do conhecimento acumulado com centenas de estudantes para o mundo real em muito acrescenta à capacidade de inovação, além de como se olhar para os problemas de empresas, governos, sociedades e países.

Galeria de Fotos